Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

O Abstraccionismo

Curva dominante, de Kandinski (1913)A geometrização cubista e a valorização das cores do Fauvismo e no Expressionismo foram preparando caminho a uma das maiores revoluções da arte europeia do século XX: o Abstraccionismo, isto é, o abandono da representação de um objecto identificável. O Abstraccionismo surgiu em 1910 e desenvolveu-se segundo duas tendências de cariz muito diferente: o Abstraccionismo sensível ou lírico e o Abstraccionismo geométrico.

 

Como se caracteriza o abstraccionismo na pintura?

http://www.youtube.com/watch?v=BxGG1DtVbW0&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=9fmiKOOvLUo

http://www.youtube.com/watch?v=8AlPfyoeKOE

http://www.youtube.com/watch?v=O3DLIQiB7bs

http://www.youtube.com/watch?v=6XlmpcxmCqY

Publicado por História às 01:04
| Comentar
5 comentários:
De Sandra Mortágua a 15 de Abril de 2008 às 02:06
O Abstracionismo ou arte abstrata
O Abstracionismo é um tipo de arte que não contém realidade e pessoas. Este é representado por misturas de cores, linhas retas e diagonais, ou seja, é um tipo de arte em que o observador não consegue distinguir o que ele representa.
Quando a significação de um quadro depende essencialmente da cor e da forma, quando o pintor rompe os últimos laços que ligam a sua obra à realidade visível, ela passa a ser abstrata.
O abstracionismo tornou-se em pouco tempo uma pintura atual e também bastante diversificada. Porém, duas características firmaram no abstracionismo:
Abstracionismo informal: é uma arte em que as cores são livres e expressam sentimentos e emoções.
Abstracionismo geométrico: as cores e as linhas devem ser organizadas, ou seja, expressa uma forma geométrica.


De adriana soares a 15 de Abril de 2008 às 09:42
A arte abstracta ou abstracionismo é geralmente entendido como uma forma de arte (especialmente nas artes visuais) que não representa objectos próprios da nossa realidade concreta exterior. Ao invés disso, usa as relações formais entre cores, linhas e superfícies para compor a realidade da obra, de uma maneira "não representacional". Surge a partir das experiências das vanguardas européias, que recusam a herança renascentista das academias de arte. A expressão também pode ser usada para se referir especificamente à arte produzida no início do século XX por determinados movimentos e escolas que genericamente encaixam-se na arte moderna.
No início do século XX, antes que os artistas atingissem a abstração absoluta, o termo também foi usado para se referir a escolas como o cubismo e o futurismo que, ainda que fossem representativas e figurativas, buscavam sintetizar os elementos da realidade natural, resultando em obras que fugiam à simples imitação daquilo que era "concreto".
Mas a Arte Abstrata é uma forma de arte que não busca nem demonstra o mundo que está ao nosso redor. São obras que não representam objetos reconhecidos. A arte abstrata refere-se especialmente às formas de arte do século XX, quando a idéia da arte como imitação da natureza foi abandonada...

Entre os pioneiros da arte abstrata estão Mondrian e Malevich, entre outros.

1866-1944 — Wassily Kandinsky
1879-1953 — Francis Picabia
1881-1939 — Albert Gleizes
1881-1955 — Fernand Léger
1883-1956 — Jean Metzinger (Cubista)
1888-1964 — Roger Bissière
1891-1976 — Max Ernst
1896-19?? — Honoré Marius Bérard
1896-1987 — André Masson
1897-1981 — Roger Chastel
1911-1993 — Alfred Manessier


O abstraccionismo divide-se em duas tendências:
- Abstraccionismo lírico
-Abstraccionismo geométrico

Abstraccionismo lírico: O abstraccionismo lírico ou abstraccionismo expressivo inspirava-se no instinto, no inconsciente e na intuição para construir uma arte imaginária ligada a uma "necessidade interior"; tendo sido influenciado pelo expressionismo, mais propriamente no Der Blaue Reiter. Aparece como reacção às grandes revoluções do século, nomeadamete a I Guerra Mundial.
O jogo de formas orgânicas e as cores vibrantes eram bem patentes; mas também a linha de contorno sobressaía nesta arte nitidamente não figurativa.
Procurava uma aproximação à música, onde a expressividade dos sons se transformava em linguagem artística. É desta forma que o abstraccionismo lírico pretende igualar ou mesmo superar a música, transformando manchas de cor e linhas em ideias e simbolismos subjectivos.
Wassily Kandinsky foi o mentor deste género, utilizando cores puras em pinceladas rápidas, tensas e violentas.

Abstraccionismo geométrico: Se expressa através de cores, linhas, formas, texturas, etc, a partir da imaginação do pintor, sem retratar nada visível ou do mundo real.

Visto isto podemus afirmar que o O Abstracionismo é um tipo de arte que não contém realidade e pessoas. É representado por misturas de cores, linhas retas e diagonais, ou seja, é um tipo de arte em que o observador não consegue distinguir o que ele representa.
Quando a significação de um quadro depende essencialmente da cor e da forma, quando o pintor rompe os últimos laços que ligam a sua obra à realidade visível, ela passa a ser abstrata.


De catia cardoso a 15 de Abril de 2008 às 09:57
Em primeiro lugar devemos referir que o mentor desta arte foi Wassily Kandinsky. Esta arte deixou de representar figuras em concreto passando a representar figuras através de uma combinação de formas, linhas e cores. Esta arte foi também fortemente criticada pelos artistas da época que seguiam as regras tradicionais, ou seja, as bases lançadas no Renascimento.
Os artistas da arte abstracta passaram desde então a ter uma liberdade que nunca mais teria fim

A arte abstrata tende a suprimir toda a relação entre a realidade e o quadro, entre as linhas e os planos, as cores e a significação que esses elementos podem sugerir ao espírito. Quando a significação de um quadro depende essencialmente da cor e da forma, quando o pintor rompe os últimos laços que ligam a sua obra à realidade visível, ela passa a ser abstrata.
O Abstracionismo apresenta várias fases, desde a mais sensível até a intelectualidade máxima.
A fase mais sensivel é aquela ligada à fase da vida a que o pintor está ligado, dependendo do estádo de espirito dete, a fase mais intelectual é pintada com as cores reais, sem ligar ao sentimento, não deixando de ser abstracto e transmitindo também sensações.

O abstracionismo tornou-se em pouco tempo uma pintura atual e também bastante diversificada. Porém, duas características firmaram no abstracionismo:
Abstracionismo informal: é uma arte em que as cores são livres e expressam sentimentos e emoções.
Abstracionismo geométrico: as cores e as linhas devem ser organizadas, ou seja, expressa uma forma geométrica.

A arte abstrata não se relaciona com a realidade, mas pode significar e apresentar as sensações que o pintor quer transmitir para o observador do quadro.
Esta arte não foi totalmente aceite, houve pintores que seguiam a forma de pintar do Renascimento, e não gostaram nada que este tipo de arte aparecesse.


De Elsa a 6 de Janeiro de 2011 às 00:49
Bom texto!
Podem dizer-me de quem é o quadro na imagem??


De Anónimo a 26 de Fevereiro de 2013 às 19:56
estou aprendendo muito


Comentar post

Externato Luís de Camões

Pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Posts recentes

Guia de estudo para o exa...

Guia de estudo para o tes...

Apresentação "Do autorita...

Caderno Diário "Do autori...

A Revolução de Abril

A liberalização fracassad...

Continuidade e evolução

O isolamento internaciona...

A defesa da independência...

A defesa do Ultramar

A solução para o Ultramar

O sobressalto político de...

Apresentação "Os Totalita...

O Estalinismo

O Estado Novo

O Nazismo

O Fascismo

As consequências da Grand...

A Grande Depressão dos an...

Caderno Diário "A Grande ...

Os "loucos anos 20" e as ...

Caderno Diário "Mutações ...

A falência da Primeira Re...

O agravamento da instabil...

Caderno Diário "Portugal ...

Caderno Diário "As transf...

Da depressão económica à ...

Guia de estudo: As Revolu...

Guia de estudo: A Filosof...

Guia de estudo: O Absolut...

Guia de estudo: A Socieda...

Trabalho de pesquisa - A ...

Trabalho de pesquisa - A ...

Trabalho de pesquisa - A ...

Exercício 5 - A Declaraçã...

Exercício 3 - Manifestaçõ...

Exercício 2 - O Absolutis...

Exercício 1 - A Sociedade...

Do Absolutismo às Revoluç...

Guia de estudo: Humanismo...

Arquivos

Junho 2013

Abril 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Ligações