Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

A Revolução Francesa - Exercícios

Publicado por História às 02:51
| Comentar
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

"The French Revolution", Canal História

 

 

Publicado por História às 12:15
| Comentar
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

A Filosofia das Luzes - Exercícios

Publicado por História às 02:50
| Comentar

Em defesa da tolerância religiosa

«O deísta é um homem firmemente persuadido da existência dum ser surpremo tão bom como poderoso, que formou todos os seres extensos, vegetantes, sensíveis e reflexivos; que perpetua a sua espécie, que pune sem crueldade os crimes e recompensa com bondade as acções virtuosas. O deísta não sabe como Deus pune, como favorece, como perdoa; pois não é tão temerário que se gabe de conhecer como Deus actua; mas sabe que Deus actua e que é justo.[...] Reunido neste princípio com o resto do universo, não abraça nenhuma das seitas, que todas elas se contradizem. A sua religião é a mais antiga e a mais extensa; pois a simples adoração dum Deus precedeu todos os sistemas do mundo [...]. Crê que a religião não consiste nem nas opiniões duma metafísica ininteligível, nem em vãos aparatos ou solenidades, mas na adoração e na justiça [...]. O maometano grita-lhe: "Tem cuidado, se não fazes a peregrinação a Meca!" "Desgraçado de ti se não fazes uma viagem a Nossa Senhora do Loreto" – diz-lhe um franciscano. Ele ri-se de Loreto e de Meca; mas socorre o indigente e defende o oprimido.»

 

Voltaire, Dicionário Filosófico (1721)

 

Caracterize o pensamento religioso das Luzes.

Publicado por História às 02:49
| Comentar | Ver comentários (5)

O contrato social, a soberania popular e a separação dos poderes

Jean-Jacques Rosseau (1712-1778)«Nenhum homem recebeu da Natureza o direito de comandar os outros. A liberdade é um presente do céu, e cada indivíduo da mesma espécie tem o direito de gozar dela logo que goze da Razão [...]. Toda outra autoridade (que não a paterna) vem de uma outra origem, que não é a da Natureza. Examinando-a bem, sempre se fará remontar a uma destas duas fontes: ou a força e a violência daquele que dela se apoderou; ou o consentimento daqueles que lhe são submetidos, por um contrato celebrado ou suposto entre eles e aquele a quem deferiram a autoridade. [...]

O Príncipe recebe dos seus súbditos a autoridade que tem sobre eles, e esta autoridade é limitada pelas leis da natureza e do Estado.»

 

Diderot, artigo "Autoridade política" na Enciclopédia

 

Enuncie os princípios do pensamento político dos iluministas no século XVIII.

Publicado por História às 02:41
| Comentar | Ver comentários (4)

Apologia da Razão e do progresso

Enciclopédia ou Dicionário Racional das Ciências, das Artes e dos Ofícios«As nossas esperanças sobre o estado futuro da espécie humana reduzem-se a estes três pontos: a destruição da desigualdade entre nações, os progressos da igualdade num mesmo povo, enfim, o aperfeiçoamento real do Homem.

Chegará assim o momento em que o sol iluminará sobre a terra homens livres, não reconhecendo outro mestre além da sua razão [...].

Por uma escolha feliz e pelos próprios conhecimentos e métodos de ensino pode-se instruir todo um povo de tudo o que cada homem tem necessidade de saber para a economia doméstica, para a administração dos seus negócios, para o livre desenvolvimento da sua indústria, e das faculdades, para reconhecer os seus direitos [...], para ser senhor de si próprio.

A igualdade da instrução corrigiria a desigualdade das faculdades, assim como uma legislação previdente diminuiria a desigualdade das riquezas. Aceleraria o progresso das ciências e das artes, criando-lhes um meio favorável [...]. O efeito seria um aumento de bem-estar para todos.»

 

Condorcet, Quadro dos Progressos do Espírito Humano (1793)

 

Relacione o Iluminismo com uma visão optimista do futuro da Humanidade.  

Publicado por História às 02:35
| Comentar | Ver comentários (3)

O Homem da Máscara de Ferro (1998)

The Man in the Iron Mask, filme dirigido por Randall Wallace. Baseado no romance de Alexandre Dumas, O Visconde de Bragelonne, tem como personagens centrais o rei francês Luís XIV e seus mosqueteiros (Athos, Porthos, Aramis e D'Artagnan). No filme, descobre-se que o rei possui um irmão gémeo, que é mantido preso, com uma máscara de ferro cobrindo-lhe o rosto.

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Man_in_the_Iron_Mask

 

 

 

 

Visiona excertos do filme O Homem da Máscara de Ferro, de Randall Wallace e proceda à análise do conteúdo do filme, procurando contemplar os seguintes elementos: época histórica retratada; localização desses acontecimentos no espaço; personagens históricas; grupos sociais em evidência; ambientes; vestuário usado; costumes.

Publicado por História às 02:33
| Comentar

Maria Antonieta (2006)

Marie-Antoinette é um filme de 2006, dirigido por Sofia Coppola. O filme foi rodado no palácio de Versailles, sob autorização especial do governo francês. O filme conta a história da jovem rainha da França do século XVIII, Maria Antonieta. Sofia baseou-se em livro biográfico de Antonia Fraser, em detrimento de outro, de Stefan Zweig, alegando que continha uma descrição mais humana de Maria Antonieta.

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Marie_Antoinette

 

 

 

Visiona excertos do filme Maria Antonieta, de Sofia Coppola, analise o conteúdo do filme e compare-o com o filme anterior.
Publicado por História às 02:31
| Comentar

O Absolutismo Régio - Exercícios

Publicado por História às 02:15
| Comentar

A encenação do poder absoluto

«Os convites para as frequentes festas ou para os passeios privados em Versalhes foram os meios de que o rei se serviu para distinguir os cortesãos e para manter todos eles sempre ansiosos por agradar-lhe [...]. O rei olhava continuamente à direita e à esquerda, quando se levantava, ao deitar-se, durante as refeições, ao passar pelas salas e pelos jardins de Versalhes, o único lugar onde todos os cortesãos tinham liberdade de segui-lo: via e notava toda a gente, ninguém lhe escapava, nem mesmo aqueles que julgavam não ser vistos [...].

Para as pessoas de maior distinção, era vergonha não viver permanentemente na corte ou ir lá só de quando a quando.»

Saint-Simon, Memórias

 

http://www.youtube.com/watch?v=G93EhIGlVS0&feature=channel_page

http://www.youtube.com/watch?v=xozvnMZ7Jq4&feature=channel_page

 

Com base nos documentos, identifique os elementos estéticos de encenação ou representação do poder absoluto.

Publicado por História às 01:45
| Comentar | Ver comentários (2)

A Sociedade de ordens - Exercícios

Publicado por História às 01:14
| Comentar

Externato Luís de Camões

Pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Posts recentes

Guia de estudo para o exa...

Guia de estudo para o tes...

Apresentação "Do autorita...

Caderno Diário "Do autori...

A Revolução de Abril

A liberalização fracassad...

Continuidade e evolução

O isolamento internaciona...

A defesa da independência...

A defesa do Ultramar

A solução para o Ultramar

O sobressalto político de...

Apresentação "Os Totalita...

O Estalinismo

O Estado Novo

O Nazismo

O Fascismo

As consequências da Grand...

A Grande Depressão dos an...

Caderno Diário "A Grande ...

Os "loucos anos 20" e as ...

Caderno Diário "Mutações ...

A falência da Primeira Re...

O agravamento da instabil...

Caderno Diário "Portugal ...

Caderno Diário "As transf...

Da depressão económica à ...

Guia de estudo: As Revolu...

Guia de estudo: A Filosof...

Guia de estudo: O Absolut...

Guia de estudo: A Socieda...

Trabalho de pesquisa - A ...

Trabalho de pesquisa - A ...

Trabalho de pesquisa - A ...

Exercício 5 - A Declaraçã...

Exercício 3 - Manifestaçõ...

Exercício 2 - O Absolutis...

Exercício 1 - A Sociedade...

Do Absolutismo às Revoluç...

Guia de estudo: Humanismo...

Arquivos

Junho 2013

Abril 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Ligações